Para aquelas que empreendem, minha admiração!

19 de novembro de 2019 Notícias

Começo com um pequeno senão. Em um país onde faltam incentivos e segurança econômica, empreender pode ter se tornado uma atividade da moda, como uma forma de compensar a falta de oportunidades do mercado público e privado. Será que esse é o caminho? Concordo que todas podemos desenvolver habilidades e aplicar técnicas para conduzir os negócios, mas acredito que empreender não é para todas.
Empreender é um desafio diário, por vezes muito doce e por vezes bem amargo! É para quem tem curiosidade, criatividade e acima de tudo, para quem consegue enxergar nos pequenos detalhes, grandes oportunidades. É para quem encara os perrengues, erra inúmeras vezes para acertar de vez em quando. É para aquelas que estão aqui e lá e ainda assim gostariam de estar em mais lugares fazendo networking, apresentando seu negócio, sua ideia para o mundo. E que entendem que nem sempre é possível! É para aquelas que acreditam no potencial das pessoas e no seu próprio.
Sem ganho certo, trabalha-se muito mais com as incertezas! E aqui que eu vejo a maior qualidade de quem empreende, a resiliência. Cair e levantar tantas vezes para ver seu negócio prosperar (ou não) e já pensar, para ali seis meses ou dois anos, qual outra ideia vai tirar do papel. Há de ter um propósito nessa loucura toda!
Para aquelas que empreendem, minha admiração! Para todas que têm como sentido na vida, nunca desistir, mas estar pronta para repensar, reconsiderar e por vezes parar, para daí sim virar o jogo, minha satisfação em fazer parte!

 

por Michele Hoeltz, Founder do Lote

Publicação anterior: